February 16, 2023

6 documentários sobre lixo que não pode perder

Tal como a maioria das pessoas, de vez em quando, gostamos de ver um bom documentário. Estas obras de arte permitem-lhe descobrir o mundo à sua volta a partir do conforto da sua sala de estar, enquanto as impressionantes filmagens e as locuções calmantes tendem a incutir uma apreciação renovada pelas inúmeras maravilhas da natureza.

Na Byewaste, tentamos manter-nos sempre atualizados em relação aos desenvolvimentos relevantes no domínio do processamento e reciclagem de resíduos. Como resultado, consumimos a maioria dos podcasts, documentários e palestras disponíveis sobre este tema em particular. Como o fornecimento de informações sobre o impacto do lixo no ambiente é uma das nossas principais prioridades, gostaríamos de partilhar convosco os nossos documentários favoritos.

Vamos abordar os filmes seguintes neste artigo:

1. Waste Land
2. Garbage Warrior
3. Minimalism: A Documentary About the Important Things
4. A Plastic Ocean
5. Trashed
6. Plastic Paradise

Pode assistir a estes documentários sozinho para se educar ou juntamente com os seus pares para promover um debate construtivo. Na parte restante deste artigo, faremos uma breve descrição de cada documentário.

1. Waste Land

Waste Land documenta a vida de um grupo de pessoas que teve de olhar através do lixo em Jardim Gramacho para poder sobreviver.

Jardim Gramacho era o maior aterro do mundo naquela altura. Situava-se perto do Rio o Janeiro, no Brasil, e abrangia nada menos que 1,3 quilómetros quadrados com nada mais do que montanhas de lixo. Acumularam-se ali cerca de 60 milhões de toneladas de lixo durante mais de trinta anos.

É-nos apresentado Vik Muniz, um artista inspirador que colabora com um grupo destes “coletores” para criar arte contemporânea com os artigos que encontram. Este documentário impressionante foi lançado em 2010 no festival Sundance e recebeu mais de cinquenta prémios cinematográficos.

Muniz acabou por devolver à comunidade o dinheiro que ganhou ao vender as suas obras de arte e o dinheiro dos prémios.

2. Garbage Warrior

Garbage Warrior acompanha o arquiteto ecológico Michael Reynolds na sua missão de construir casas autossuficientes feitas de materiais naturais e produtos reciclados, tais como latas, pneus de carros e garrafas.

Ele começou a construir estas casas na década de 1970, e as suas criações são frequentemente referidas como “Earth Ships” (naves terrestres). Fornecendo uma alternativa nada convencional e radicalmente sustentável ao modo de vida tradicional, Reynolds mostra que os produtos que as pessoas deitam fora podem ter muito valor se pensarmos fora da caixa.

Embora os seus primeiros projetos se tenham revelado consideravelmente defeituosos, o arquiteto continuou a experimentar e a desenvolver e a melhorar o seu estilo de construção ao longo dos anos, inspirando o seu público a nunca desistir dos seus sonhos.

O filme foi lançado em 2007 no Hotdocs Film Festival e já ganhou dois prémios.

3. Minimalism: a Documentary about the Important Things

terceiro documentário que vamos abordar foi lançado em 2015 e faz-nos repensar os nossos estilos de vida, promovendo um estilo de vida minimalista de uma forma acessível.

Ficamos a conhecer a vida de muitas pessoas semelhantes que têm apenas uma coisa em comum: estão a tentar criar uma vida significativa reduzindo, em simultâneo, os seus bens ao mínimo indispensável, rejeitando a crença amplamente difundida dos consumistas de que são os objetos que trazem felicidade.

Embora existam imensos influenciadores populares que já advogam publicamente por um estilo de vida minimalista, o verdadeiro valor deste documento reside no facto de demonstrar que todos podemos aplicar pelo menos alguns dos princípios básicos do minimalismo no nosso quotidiano.

4. A Plastic Ocean

A Plastic Ocean é um filme premiado que foi apresentado em muitos festivais ambientais desde o seu lançamento, em 2016.

O documentário investiga o impacto ambiental dos nossos resíduos plásticos, especialmetne em relação aos nossos oceanos. Muitos porta-vozes conhecidos contribuíram para o documentário, tais como Barack Obama, David Attenborough e Ben Fogle.

Na sua busca por encontrar a baleia azul, o jornalista Craig Leeson não encontrou no seu caminho senão resíduos plásticos. Para descobrir a feia verdade sobre a poluição do plástico, Leeson decide visitar vinte destinos juntamente com a mergulhadora Tanya Streeter e uma equipa internacional de cientistas.

Ao documentar a sua jornada, que durou quatro anos, Leeson também apresenta algumas soluções práticas para o problema, terminando com uma nota de esperança.

5. Trashed

Trashed é outro documentário ambiental notável que recebeu vários prémios e foi lançado em 2012 no Festival de Cannes.

Numa crítica dura ao estilo de vida consumista, o filme mostra o verdadeiro impacto do comportamento de desperdício que é tão característico da sociedade moderna. Para investigar o assunto, Jeremy Irons conversa com muitos cientistas, políticos e pessoas pessoalmente afetadas pela poluição de resíduos.

Tal como no documentário anterior da nossa lista, foram apresentadas várias soluções possíveis para o problema. Além disso, é demonstrado como estas técnicas são aplicadas em muitas comunidades em todo o mundo.

6. Plastic Paradise

Plastic Paradise é mais um documentário sobre a temática dos resíduos de plástico e dos nossos oceanos. O filme venceu muitos prémios e foi lançado em 2103.

Acompanhamos a investigação de Angela Sun na Grande Ilha de Lixo do Pacífico, o local onde se acumulam os resíduos plásticos de três continentes diferentes. Abrange atualmente cerca de 1,6 milhões de quilómetros quadrados e pesa aproximadamente 80 000 toneladas, de acordo com The Ocean Cleanup.

Embora os efeitos mais diretos da poluição de plástico possam estar contidos no oceano e nas formas de vida que este alberga, as implicações para a nossa própria saúde são também discutidas neste documentário.

Já assistiu a algum destes documentários, ou gostaria de sugerir alguns outros que vale a pena ver? Partilhe connosco!